Inep divulga os resultados do Enem 2014

Educação Ensino médio

Mais de 6 milhões de pessoas fizeram o exame. Cerca de 1/4 dos candidatos concluíram o ensino médio em 2014

Participantes_do_Enem

Da Agência Brasil

Os candidatos já podem consultar o desempenho individual no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 na página do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Para ter acesso ao resultado, é necessário o número de inscrição ou do CPF e a senha criada no momento da inscrição. A senha pode ser recuperada na própria página. Segundo o Inep, por causa do elevado número de acessos, estudantes podem ter dificuldades para fazer a consulta.

Os candidatos têm acesso às notas em cada uma das cinco áreas avaliadas no Enem: ciências humanas, ciências da natureza, linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e redação. O Inep não disponibiliza uma nota final no exame. Isso porque cada instituição que utiliza o Enem como forma de ingresso pode escolher uma forma de calcular a nota final, atribuindo pesos diferentes para cada uma das áreas.

Para se inscrever no ProUni, é preciso ter média mínima de 450 pontos. Para calcular, o candidato deve somar as notas das quatro áreas mais a redação e dividir o resultado por cinco.

O espelho da redação, que mostra a nota em cada uma das competências avaliadas, estará disponível em até 60 dias. O acesso à correção é apenas pedagógico e não cabe recurso.

Nível socioconômico
Mais de 6 milhões de pessoas fizeram o exame em novembro. As mulheres são maioria: 58%, contra 42% de homens. Pouco mais da metade dos candidatos concluiu o ensino médio antes de 2014; 23% ainda não terminaram a educação básica e 24% concluíram no ano passado. Desses, a maioria – 73,5% – vem das redes públicas estaduais. A rede privada responde por 23,4% dos candidatos; a rede federal, por 2%; e as redes municipais, por 1%.

O MEC disponibilizou as médias dos concluintes por tipo de escola e por nível socioeconômico. Os estudantes de escolas federais tiveram melhor desempenho, seguidos pelos de instituições particulares e pelas públicas estaduais e municipais.

Os estudantes foram divididos em sete níveis socioeconômicos, que vão de muito baixo a muito alto. Entre os estudantes de nível socioeconômico muito baixo, as médias foram 487,1 nas federais, 446,4 nas privadas e 429,4 nas demais públicas. No nível muito alto, as médias foram 626,5 nas federais, 624,4 nas privadas e 618,3 nas demais públicas.

Incluindo-se todos os candidatos, a Média ProUni foi 496,9 no exame. Em ciências humanas, a média de desempenho foi 546,5; em ciências da natureza, 482,2; em linguagens e códigos, 507,9; e em matemática, 473,5. Em redação, a média de todos os candidatos foi 455,4.

Os concluintes do ensino médio tiveram queda de 7,3% no desempenho na prova de matemática de 2014 em relação à de 2013. Em redação, o desempenho piorou 9,7%. Nesta prova, 529 mil candidatos tiveram nota zero – 41% deles por terem fugido ao tema.

Certificação
Na edição de 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), 997.131 estudantes inscreveram-se para a prova de certificação do ensino médio, mas apenas 631.071 compareceram à prova, em novembro, com redução de 366.060 candidatos, o equivalente a 36,7% do total. Dos que fizeram a prova, só 67.254 candidatos (10,6%) atingiram os requisitos mínimos.

A certificação do ensino médio pode ser solicitada pelos inscritos que tenham completado 18 anos. Para obtê-la, é preciso alcançar 450 pontos em cada uma das áreas do conhecimento avaliadas e 500 pontos na redação.

 

 

Deixe um comentário

  • (não será exibido)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>