Universitários relatam dificuldades para inscrição no Fies

Educação Ensino superior

Além da instabilidade do sistema, mudanças nas regras deixam dúvidas entre os estudantes

saladeaula_240914_wanderley_pessoa

Da Agência Brasil

Estudantes de vários estados vêm relatando, em redes sociais, dificuldades para se inscrever no Programa de Financiamento Estudantil (Fies). Alguns estão preocupados porque já têm boletos de mensalidades para pagar, mas não têm garantia de que vão conseguir o financiamento.

Além de mensagens de erro, os candidatos ao financiamento contam que o portal para inscrição sai do ar com muita frequência, e por vezes, não aceita o CPF ou a senha do postulante ao crédito. As falhas no sistema têm sido relatadas desde o início das inscrições, no dia 23 de fevereiro. As inscrições para novos financiamentos vão até 30 de abril.

Segundo a presidente da Federação Nacional das Escolas Particulares, Amábile Pacios, as universidades não foram informadas pelo Ministério da Educação (MEC) sobre uma limitação de vagas para financiamentos por instituição de ensino.

Em nota, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), ligado ao MEC, informa que está trabalhando continuamente para garantir estabilidade ao sistema informatizado do Fies. “Ocorre que, com a demanda muito forte dos últimos dias, o sistema passou por problemas de perfórmance, o que é uma situação muito dinâmica. Mas é necessário lembrar que sistemas de grande volume de acessos passam por esse tipo de situação, de forma sazonal, e os órgãos responsáveis estão tomando todas as medidas possíveis para superar as dificuldades.”

A nota do FNDE ressalta ainda que está expandindo o horário de atendimento pela linha direta 0800 616161, que passará a atender também nos fins de semana.

Sobre novas inscrições, o FNDE esclarece que as requisições são liberadas por instituição de ensino e por curso, em ordem cronológica, ressalvados os critérios de qualidade, distribuição regional e disponibilidade de recursos. “A abertura do Fies 2015 leva em consideração a qualidade dos cursos, com atendimento pleno aos cursos nota 5 [nota máxima]. Já nos cursos nota 3 e 4 são considerados alguns aspectos regionais, como cursos e localidades que historicamente foram menos atendidos”, explica a nota.

Deixe um comentário

  • (não será exibido)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>