Cerca de 8,5 milhões de pessoas se inscreveram para o Enem

Educação Ensino técnico

Exame teve cerca de 1 milhão de inscritos a menos que em 2014

Participantes_do_Enem

Com informações do Inep e da Agência Brasil

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 registrou 8.478.096 milhões de inscritos. O prazo terminou às 23h59 da última sexta-feira, 5. Na edição anterior, o número de inscritos nessa etapa foi de 9.490.952. Após a confirmação de pagamento da taxa de inscrição, o total ficou em 8.722.356 pessoas. É a primeira redução em relação ao ano anterior desde a mudança no formato da prova.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), responsável pela realização do exame, a inscrição para os candidatos não isentos será efetivada após o pagamento da taxa de inscrição. Esse pagamento deve ser feito nas agências do Banco do Brasil ou dos Correios (Banco Postal) até esta quarta-feira, 10. Pela internet, o pagamento vai até às 21h59 (horário de Brasília). O candidato deve estar atento ao horário, pois operações bancárias processadas após as 21h59 são consideradas como fora do prazo. Portanto, caso isso ocorra, a inscrição não será homologada.

Em 2014, o Enem teve 29% de abstenção. Isso levou a uma preocupação com os custos de impressão das provas e logística para a realização. Este ano, o Inep realizou algumas mudanças. Uma foi o aumento da taxa de inscrição de R$ 35 para R$ 63 – foi o primeiro aumento desde 2004. Candidatos que estão concluindo o ensino médio em escola pública ou que declararem carência são isentos da taxa. Este ano, os candidatos isentos que não comparecerem nos dois dias de provas perderão o direito à isenção na edição do exame de 2016.

De acordo com o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, a pasta investiga a causa dessa diminuição. Uma das hipóteses é que caiu o número daqueles que não têm certeza se prestariam o exame, devido às novas regras. O número de candidatos que solicitaram isenção por carência representa 43,9% dos inscritos – 3,7 milhões – uma redução em relação aos 52,5% do ano passado, cerca de 5 milhões. Em contrapartida, o número de pagantes aumentou: passou de 3,1 milhões em 2014 (32,4%), para 3,4 milhões (40,2%) neste ano. “Isso mostra que não houve exclusão devido ao preço da taxa. As pessoas que deixaram de se inscrever terá sido por outra razão que não essa”, disse Janine.

O cartão de confirmação do Enem 2015 será digital, com acesso na página do participante, no sistema de inscrição do exame pela internet. Diferente das edições anteriores, esse comprovante não será enviado pelos Correios.

Deixe um comentário

  • (não será exibido)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>