Histórias de mulheres na área de ciência e tecnologia

Escolha Profissional

A ONU declarou 11 de fevereiro como Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência

363696

De acordo com um estudo conduzido em 14 países, as probabilidades de uma mulher obter um título universitário nas áreas de tecnologia, engenharias e matemática é de 18%, sendo 37% para os homens. Essa desigualdade motivou a Organização das Nações Unidas (ONU) a declarar o Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, em 11 de fevereiro.

A ideia de que os homens têm mais facilidade que as mulheres para o raciocínio lógico e matemático é um estereótipo ensinado desde a infância e reforçado em diferentes espaços sociais, incluindo a escola e os meios de comunicação. Além de prejudicar as mulheres, que encontram limitações em campos valorizados socialmente, a falta de diversidade faz com que menos perspectivas sejam levadas em consideração na pesquisa ou na criação de produtos, por exemplo.

Para inspirar meninas e mulheres que estão nessas áreas, selecionamos três histórias de mulheres na ciência:

» A jovem que respondeu aos assédios escrevendo verbetes sobre mulheres cientistas na Wikipedia. A enciclopédia colaborativa tem uma grande maioria de editores homens, por diversos motivos: da falta de tempo, já que as mulheres são também responsáveis pelo trabalho doméstico e de cuidados, ao ambiente misógino nas discussões. Além de dar visibilidade para as cientistas, ela também promove encontros com outras mulheres para se apropriarem da Wikipedia.
http://bit.ly/2kpzka4

» As três mulheres negras que fizeram parte da equipe de cientistas da Nasa durante a corrida espacial nos anos 1960. O filme retrata como argumentos machistas e racistas eram combinados para excluir ou limitar a presença delas. A ativista Nataly Neri fez uma resenha em vídeo do filme.
https://youtu.be/d8g_e62haG8

» A hacker que pirateou revistas científicas para dar acesso universal gratuito a cerca de 50 milhões de pesquisas. Uma das barreiras para manter certos grupos de fora do ambiente científico é o alto valor cobrado para acesso a pesquisas publicadas.
http://bit.ly/2kpIt2k

Deixe um comentário

  • (não será exibido)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>