Unicamp divulga regras de seu primeiro vestibular indígena

Educação Ensino superior

Processo selecionará candidatos das etnias indígenas do Brasil para 72 vagas em diversos cursos

Foto: Beto Monteiro / Secom UnB Foto: Beto Monteiro / Secom UnB

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou o edital com as normas da primeira edição do vestibular indígena. O processo seletivo conta com 72 vagas em diversos cursos para candidatos das etnias indígenas do Brasil. As inscrições são gratuitas e poderão ser feitas de 15 de agosto a 14 de setembro de 2018, para ingresso em 2019.

Os candidatos deverão apresentar a Declaração de Etnia e de Vínculo com Comunidade Indígena, informando a residência em terra indígena ou comprovação de vínculo com a comunidade, referências de três lideranças de sua etnia e de um representante da Funai. Além disso, devem ter cursado o ensino médio integralmente na rede pública ou em escolas indígenas reconhecidas pela rede pública de ensino, ou devem ter obtido a certificação do ensino médio pelo ENEM ou exames oficiais (por exemplo, o ENCCEJA).

A seleção será feita por uma prova com questões de múltipla escolha com conteúdos das áreas de Linguagens e seus códigos, Ciências da Natureza, Matemática e Ciências Humanas e por uma redação. A prova será em lingua portuguesa. O processo poderá ser feito em Campinas/SP, Dourados/MS, Manaus/AM, Recife/PE e São Gabriel da Cachoeira/AM.

Das vagas disponíveis, 23 são vagas regulares que, se não forem preenchidas, voltarão para o sistema de ampla concorrência; e 49 são vagas adicionais.

Para saber mais, consulte o site da Comvest e o edital.

 

Deixe um comentário

  • (não será exibido)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>