Unicamp abre inscrições para vestibular com mudanças na prova

Educação Ensino superior

Segunda fase terá provas de acordo com a área de conhecimento do curso escolhido

4940202221_e0cc25c894_z

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) abriu nesta quinta-feira, 1º de agosto, as inscrições para o Vestibular 2020. O prazo vai até 6 de setembro. As inscrições devem ser feitas pela internet, em formulário disponível na página eletrônica da Comvest: www.comvest.unicamp.br. O processo seletivo preencherá 80% das vagas para o ingresso em 2020 e oferece 2.570 vagas, em 69 cursos. A taxa de inscrição é de R$ 170 e poderá ser paga até dia 9 de setembro.

A estrutura do exame mudou. A primeira fase continua como nos anos anteriores: uma única prova, com 90 questões de múltipla escolha de Conhecimentos Gerais, e será realizada no dia 17 de novembro. Já a segunda fase deixa de ser realizada em três dias e acontecerá em apenas dois. Ao invés de provas iguais para todos os candidatos, haverá provas de acordo com a área de conhecimento do curso que o candidato escolheu. Com isso, o candidato não poderá mais colocar como segunda opção um curso de área diferente da primeira. As áreas são: Humanas/Artes; Biológicas/saúde; Exatas/Tecnológicas.

A segunda fase acontecerá nos dias 12 e 13 de janeiro de 2020. No primeiro dia, todos os candidatos devem responder questões dissertativas: 8 de língua portuguesa e literatura e 2 de lingua inglesa, além da redação – serão duas propostas de texto, para que o candidato escolha uma. No segundo dia, as provas são de acordo com a área de conhecimento. Para Ciências Biológicas/Saúde, serão seis questões de Biologia e seis questões de Química; para Ciências Exatas/Tecnológicas, seis questões de Física e seis questões de Química; e para a área de Ciências Humanas/Artes, seis questões de Geografia e seis questões de História, englobando conteúdos de Filosofia e Sociologia.

A Unicamp adotou cotas etnico-raciais no último vestibular. Para 2020, 15% das vagas de cada curso serão reservadas para candidatos autodeclarados pretos e pardos. Além do vestibular, haverá cotas também no ingresso via Enem, cujo edital ainda não foi publicado. A universidade também tem um sistema de bônus no vestibular para candidatos de escolas públicas. Os estudantes que optarem por participar do Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (PAAIS) receberão automaticamente, na primeira e na segunda fase, as seguintes pontuações: 20 pontos para aqueles que cursaram integralmente o ensino fundamental II em escolas públicas; 40 pontos para aqueles cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas; 60 pontos para aqueles que cursaram ambos os períodos na rede pública.

 

 

 

Deixe um comentário

  • (não será exibido)

XHTML: Você pode usar estas tags: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>